Uma nova profissão: o coach de advogados

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Média 5.00 (3 votos)

Em uma rápida pesquisa pela internet, podemos encontrar dezenas de resultados de pessoas informando que são coaches de advogados e que prestam serviços nesta área. Alguns possuem cursos de extensão ou de pós-graduação em coaching, e outros afirmam que aprenderam “com a vida”.

Em linhas gerais, podemos dizer que o coaching tem uma relação direta com a transferência de habilidades. O coach é alguém que possui uma metodologia de alto desempenho e eficácia. Portanto, ao treinar o coachee (cliente), ele irá transferir estas habilidades para que também o coachee não somente as saiba, mas as pratique. Neste sentido, é importante que o coach domine as centenas de ferramentas de treinamento que dizem respeito à atividade profissional do coachee e, obviamente, conheça os pressupostos desta atividade profissional.

O fato é que os serviços de coaching estão cada vez mais se expandindo no Brasil, inclusive no direito. O coaching surgiu como uma atividade profissional no século passado e tem uma grande inspiração nas atividades esportivas. Treinadores de times de basquete, futebol e vôlei são verdadeiros coaches. Eles realizam uma metodologia de trabalho orientada a resultados que busca ampliar o desempenho dos atletas e produzir impactos positivos.

O coaching se desenvolveu bastante no campo da administração também. Altos executivos contratam coaches para si próprios ou para sua equipe. Inclusive, há coaches executivos tão consagrados no mercado que vivem exclusivamente desta atividade e são reconhecidos por realmente trazerem impactos positivos para a gestão das empresas.

Na advocacia, o coaching se inicou há pouco tempo. Os primeiros coaches estão no mercado há menos de 10 anos. No Brasil, esta atividade está em crescimento, mas ainda há um caminho longo a percorrer. Talvez, os principais desafios de desenvolvimento e reconhecimento da efetividade do coaching para advogados no Brasil sejam os seguintes:

Muitos coaches se nomeiam desta forma, mas não necessariamente possuem qualquer metodologia, técnica, ferramenta ou conhecimento do mercado da advocacia;

  • Muitos coaches se concentram apenas na preparação emocional do coachee, mas deixam de lado as competências e habilidades importantes de qualquer advogado, tais como marketing jurídico, liderança, gestão, lidar com a concorrência, estabelecer diferenciais, etc;
  • Muitos coaches não têm qualquer formação em coaching. Simplesmente usam esta palavra para venderem um serviço para o qual não possuem qualificação;
  • Muitos coaches não se dedicam a empoderar o coachee para que ele desenvolva autonomia, de modo a fazê-lo eternamente dependente dos seus serviços.

Estes são apenas alguns dos problemas que o coaching para advogados enfrenta no Brasil. Como qualquer atividade profissional nova, o coaching para advogados está numa fase de expansão relativamente solta. Após algum tempo, com a consolidação no mercado de alguns coaches, será possível observar de maneira mais clara quais são os que possuem resolutividade. Oferecer serviços de coaching sem ter uma preparação adequada pode ser no mínimo irresponsável.

Para qualquer um que queira oferecer um serviço de coaching efetivo e responsável para advogados, as estratégias abaixo são importantes. Para aqueles que desejam contratar um coach, também é importante averiguar se ele adotou estas estratégias:

  • Estude e se capacite em coaching executivo, domine as metodologias e ferramentas, estabeleça as principais estratégias de coaching e apresente ao mercado de maneira original, e não copiando outros coaches. O que reforça o respeito e qualidade do coach é a sua capacidade de ser original, e não de reproduzir o que outros fazem;
  • Saiba adaptar as metodologias, técnicas e ferramentas de acordo com o coachee. As pessoas são diferentes e o estágio em que se encontram na advocacia pode variar bastante. Portanto, a adaptabilidade da estratégia de coaching é imprescindível para que o coachee alcance resultados positivos. Afinal, o que funciona para um pode não funcionar para outro;
  • Tenha sensibilidade às especificidades do coachee. Afinal, o processo de coaching tem o coachee como centro, e não o coach. Muitos coaches deixam de ouvir o coachee, entendê-lo, e de praticar o exercício da alteridade. Quando isto acontece, a sessão de coaching se torna uma aula do coach, e não uma construção dialógica da solução entre ambos;
  • Não tente ser um guru de auto-ajuda. O coaching tem metodologia, técnicas e ferramentas. O resultado positivo só virá para o coachee se isto for seguido e se houver comprometimento de ambos com as metas pactuadas. O sucesso do coaching não é um dado a priori e depende da construção de um compromisso orientado a resultados. Caso contrário, é muito provável que o resultado seja um fiasco;
  • Garanta o anonimato. Quando alguém contrata um coach, ele não espera que o coach use o seu nome para marketing. O anonimato é importante para que o coachee se sinta à vontade, confiante e se envolva com o processo de coaching. Trata-se de um trabalho silencioso. Infelizmente, muitos coaches fazem listas de clientes passados e disponibilizam estas listas para clientes em prospecção. Noutros casos, os coaches citam em palestras os seus clientes. Há ainda casos em que o coach cita em seu site os clientes. Lembre-se: o coachee não é um instrumento de marketing.

Estas estratégias são fundamentais para qualquer um que queira se tornar um coach de verdade para ajudar os advogados a terem resultados positivos. Seja para um advogado iniciante ou um advogado consolidado no mercado, o coaching pode ser um fator decisivo para o desenvolvimento de novas competências e habilidades ainda inexplorados ou deficientes.

Num mercado tão competitivo quanto o da advocacia – talvez o mais competitivo do Brasil – o coaching apresenta um futuro promissor para qualquer advogado que queira desenvolver sua carreira com solidez e estabilidade. O problema é que ainda estamos na fase de expansão dos serviços de coaching e, infelizmente, há mais “coaches” que coaches.

 

Publicado em: JusBrasil

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Tag Cloud